Amigos do Churrasco – Blog da Cutelaria Vargas Amigos do Churrasco – Blog da Cutelaria Vargas

Atendimento

(51) 4042-3002
(51) 8919-2019 (whatsapp)

Contato

Receitas típicas: churrasco de costela gaúcha

O tradicional churrasco de costela gaúcha é conhecido no Brasil e no mundo pela peculiaridade de seu sabor e forma especial de fazer. Mais do que o simples ato de cozinhar, o churrasco de chão gaúcho é uma verdadeira confraternização entre fogo e carne que passa de geração em geração.

Há indícios que a tradição tenha começado com os tropeiros, que deixavam a carne fincada no chão assando enquanto iam trabalhar no campo. Presas em estacas fixadas no chão, a costela assa lentamente a partir do fogo que sai do chão, como uma fogueira.

A falta de fogão foi a grande inspiradora dessa forma de cozinhar, mas mesmo com toda a tecnologia que temos hoje, a costela gaúcha tem seu lugar nobre na tradição desse Estado. Emoldurada com festa, danças típicas e muito chimarrão, a costela é ansiosamente esperada e deixa qualquer um com água na boca.

Como fazer a costela gaúcha

Você que morre de vontade de saborear uma costela gaúcha, mas acredita que só pode comer nos Pampas, saiba que é possível fazer uma bastante semelhante e na churrasqueira!

Na churrasqueira, o segredo é fogo bem baixo e paciência, porque a carne precisa assar lentamente. Tempere a carne apenas com sal grosso para garantir um sabor incrível. Coloque a carne na grelha há 60cm da brasa com o osso virado para baixo, assim ela vai cozinhando com o calor emanado e estará pronta quando os ossos soltarem da carne e ela estiver bem dourada.

Quem quiser se aventurar e preparar uma costela gaúcha original, é preciso fazer uma fogueira com lenha. Depois de 30 minutos acesa, coloque a carne a meio metro de distância da fogueira num espeto grande que dê para fixar no chão. Se estiver ventando, incline o espeto em direção ao fogo para a carne obter o seu calor. Uma boa costela pesa em média 6 kg, o suficiente para 15 pessoas, e também é temperada apenas com sal grosso.

Para saber se está pronta em ambas as preparações, é só observar na coloração da gordura que escorre por ela e na sua cor. Normalmente demora de 2 a 3 horas, dependendo do fogo e do tamanho da peça. Nesse ritmo, a costela ficará muito macia e suculenta, um sucesso entre os convidados!

Só uma faca Vargas para melhorar o seu churrasco de costela gaúcha! Acesse nosso site e compre já a sua!

Compartilhe:

Outros Posts

Deixe uma resposta