Amigos do Churrasco – Blog da Cutelaria Vargas Amigos do Churrasco – Blog da Cutelaria Vargas

Atendimento

(51) 4042-3002
(51) 8919-2019 (whatsapp)

Contato

Churrasco de Costela-Como Escolher Carne do seu Churrasco

Que tal um churrasco de costela nos dias de verão?

Uma das carnes mais gostosas e também com maior variedade de sabores e texturas é a costela bovina. Por precisar de mais tempo de preparo que as outras carnes, ela costuma ser o ponto alto de um churrasco, a carne principal. Conheça algumas dicas para comprar a melhor carne para seu churrasco de costela para tornar seu evento perfeito!

Como Escolher a Costela Ideal

Na hora de comprar a carne, mensure média de 600 g por pessoa, já que há o pesos dos ossos e durante o cozimento, perde muita gordura. Quando encontrar uma costela para compra, saberá se ela é boa para consumo através de sua cor, cheiro, elasticidade e o osso. Como é uma carne delicada, possui alguns detalhes que precisam ser observados para não comprometer sua qualidade e sabor.

Quando o boi é mais velho que a idade mais adequada ao abate, sua carne fica insossa e dura. É fácil identificar a idade da carne através da sua cor, já que quando a gordura está muito amarelada e a carne em tons de marrom ela está muito velha. A largura dos ossos também é um indicativo e quanto mais largo, maior é a idade do boi.

Quando a cor está esverdeada é que já está em estado de putrefação e não deve ser consumida.  O cheiro também indica esse estado, já que quando ele é ruim e indica carne passada, ela não está adequada.

A costela ideal precisa estar em tons vivos de vermelho, com bom cheiro de carne fresca, elasticidade e ossos no tamanho padrão. Na hora de comprá-la, procure locais de confiança e referência, com segurança de sua procedência. A costela precisa estar fresca, inclusive, o prazo máximo para comprar a carne para o evento, é de três dias antes.

Tipos de Costela e Como Fazer

Para um churrasco de costela, há dois tipos mais indicados que é a ripa e a ponta de agulha. A Costela Ripa é a parte de cima do boi junto ao seu dorso, localizada na parte superior da caixa torácica e possui ossos mais largos. É uma carne que tende a ficar mais seca e precisa de um tempo de cozimento maior, para amaciar as fibras.

Já a Ponta de Agulha ou Minga, conhecida como rainha das churrasqueiras, fica na parte inferior da caixa torácica e tem ossos mais finos, muita cartilagem, gordura e carnes.  Sua maciez a aproxima do filé mignon. Pelo cozimento do tutano dos ossos, acaba ficando ainda mais saborosa, com um sabor especial e único, além de melhor para a saúde.

Compartilhe:

Outros Posts

1 Comentáio

  • Aurea V Martins
    24 de março de 2017 at 20:32 

    Amei o site, estão de parabens!

Deixe uma resposta